O Sindicato dos bancários de Vitória da Conquista e região (Seeb VCR) realizou na última sexta, 3/4, uma manifestação no Teatro Glauber Rocha da UESB, durante a realização de um encontro entre administradores do Bradesco na região sudoeste.

Os sindicalistas distribuíram uma nota aos participantes relatando a forma de gestão do Gerente Regional, José Orlando, que usa de expedientes inaceitáveis para pressionar seus funcionários a não lutarem por direitos e melhores condições de trabalho e atendimento nas agências.

Intitulado "Superintendente Regional José Orlando mente", o jornal especial Bradesco narrou alguns fatos relativos à ação movida contra o Sindicato, quando Orlando, usou de mentiras para ludibriar a Justiça do Trabalho. O Sindicato de Vitória da Conquista revelou a mentira em seu jornal com a publicação de trechos do próprio processo.

A Diretoria de Recursos Humanos do banco, em São Paulo, foi informada da manifestação do sindicato e manteve contato com o presidente do Sindicato dos bancários de Vitória da Conquista e região (Seeb VCR) Delson Coêlho, pedindo que a entidade não realizasse este tipo de ato. Delson informou ao Diretor de Recursos Humanos e Relações Sindicais, Geraldo Grando, que as manifestações só cessarão quando houver uma negociação do banco com o sindicato em relação a ação, movida apenas para alimentar o ego de José Orlando, que não aceitou a participação dos trabalhadores num movimento sério, organizado e garantido por lei.

Segundo Delson Coêlho, "esta é a única forma de fazer com que o banco nos escute, porque até agora, ele estava ignorando o sindicato, que é vítima de uma ação de interdito proibitório elaborada a partir de uma mentira. A única forma de parar com as manifestações é quando o banco extinguir a ação".

Fonte: Seeb Vitória da Conquista e região

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster