A Contraf-CUT está lançando a proposta de mídia nacional para a campanha salarial dos bancários. Com o mote "Bancos abusam. Cadê a responsabilidade social?", a marca foi construída de forma coletiva a partir de reuniões com a participação de representantes de vários sindicatos e federações e apresentada ao Comando Nacional dos Bancários e à 11ª Conferência Nacional da categoria.

"Os bancos têm gastado milhões de reais para propagandear uma imagem de responsabilidade social, enquanto seus trabalhadores sofrem com más condições de saúde, segurança e trabalho e com a ameaça constante de perder seus empregos", afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT. No primeiro semestre, os bancos fecharam 1.364 postos de trabalho, conforme pesquisa realizada pela Contraf-CUT e pelo Dieese. "Vamos denunciar essa situação e lutar para dividir uma parte dos lucros astronômicos conseguidos pelo setor", completa.

Ademir Wiederkehr, secretário de Imprensa da confederação, lembra que os abusos também afetam os clientes dos bancos, que pagam juros e tarifas altíssimas e sofrem com filas intermináveis causadas pela falta de bancários. "Os bancos desrespeitam seus trabalhadores e seus clientes. Por isso nossa mídia pergunta: cadê a responsabilidade social?", sustenta.

A proposta inclui várias peças, como arte para cartazes e camisetas, que estão disponíveis em alta resolução na seção de Downloads do site da Contraf-CUT (área restrita).

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster