Após intensa mobilização do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb-MT) e funcionários do CSO, o Banco do Brasil anunciou na última quarta-feira, dia 8, a permanência da Plataforma do Centro de Suporte Operacional de Cuiabá até dezembro deste ano. Anteriormente, a empresa havia determinado a transferência desse setor até setembro de 2009. A vitória conquistada pelo Seeb-MT é apenas uma batalha na luta pela manutenção em definitivo desta unidade em Mato Grosso e por conta disso as articulações e mobilizações em relação a isso continuam.

O deputado federal, Valtenir Pereira, solicitou uma reunião com a direção do Banco do Brasil para tratar da manutenção da Plataforma CSO-Cuiabá. O encontro realizado na capital federal ocorreu nesta quarta-feira. Estavam presentes o diretor do SEEB-MT e funcionário do BB, Alex Rodrigues, deputado federal mato-grossense e os gerentes executivos da Unidade Suporte Operacional do BB, Sebastião Antônio Bueno Brandão e Claudio Prado.

O parlamentar solicitou aos representantes do banco que seja criado um CSO para Mato Grosso, levando em consideração as especificidades do Estado e suas necessidades em relação à agilidade na análise, concessão e fiscalização do crédito.

Os gerentes do Banco do Brasil reafirmaram a postura que, segundo eles, seria da empresa que determina a centralização dos serviços em Brasília. Mesmo assim, os representantes da empresa como havia sido acertado em reunião anterior com o vice-presidente de governo, Ricardo Antônio de Oliveira, se comprometeram em levar a idéia para a direção do BB. Na ocasião, ambos demonstraram que a prorrogação da possível transferência e o diálogo com os trabalhadores ocorreu devido a pressão do Sindicato juntamente com a sociedade.

"Isso é reflexo da reunião que tivemos anteriormente com o vice-presidente de governo do Banco do Brasil, ações que temos realizado no Estado e apoio de pessoas que entendem a importância da Plataforma no estado mato-grossense, entre elas estão os deputados federais Valtenir Pereira, Carlos Abicallil , Homero Pereira , os senadores Serys Marly, Jaime Campos, os deputados estaduais Carlos Brito, J.Barreto, Alexandre César, os vereadores de Cuiabá Vicente Vuolo, Roosevelt Coelho, o Secretário de Desenvolvimento do Centro-Oeste do Ministério da Integração Nacional, Totó Parente, o secretário da Secretária do Estado em Desenvolvimento Rural (SEDER), Neudo Egon Weirich, o secretário adjunto da SEDER, Jilson da Silva.

O Sindicato tem consciência da importância da manutenção da Plataforma CSO-Cuiabá e tem lutado acirradamente contra a decisão unilateral anunciada pelo banco. Até agora nenhum argumento apresentado pela empresa nos convenceu, nem convenceu os funcionários e essa conquista de hoje, somente demonstra que estamos no caminho certo rumo a manutenção em definitivo desse setor e desses 95 trabalhadores em Cuiabá", avalia Rodrigues.

O deputado federal proporá à Câmara dos Deputados uma audiência pública com o Sindicato de Mato Grosso, trabalhadores e Banco do Brasil para discutir tal decisão. Pereira entende que a permanência da Plataforma no Estado é de grande importância para o desenvolvimento de Mato Grosso, sendo que sua possível extinção ocasionará prejuízos sócio-econômicos irreversíveis.

Fonte: Seeb_MT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster