Será apurada a responsabilidade pela segurança de funcionários e clientes.MP vê descaso em relação ao cumprimento das leis de segurança. 

Ministério Público da Paraíba abriu um inquérito civil público para investigar a responsabilidade civil penal dos bancos pela segurança de trabalhadores e clientes nos seus estabelecimentos. Segundo o promotor Glauberto Bezerra, o inquérito foi aberto após o encaminhamento de denúncias por parte do Sindicato dos Bancários da Paraíba.

De acordo com o MP, o sentimento de insegurança nas agências e postos de atendimento e do descaso dos bancos em relação ao cumprimento das leis de segurança motivaram a instauração do inquérito. Glauberto Bezerra criticou a tentativa dos bancos de responsabilizar funcionários e clientes pela segurança nos seus estabelecimentos, assim como a estratégia de culpar a segurança pública. "O banco é uma atividade de risco e por isso deve tomar medidas de precaução para proteger os trabalhadores e os consumidores", alertou.
O promotor ainda explicou que existem dois tipos de violência, a explícita que vista em assaltos, assassinatos e estupros, e a silenciosa ou estrutural, decorrente do trabalho escravo e infantil, tráfico de seres humanos, delitos contra direitos difusos e coletivos como meio ambiente, saúde pública, consumidor e gênero.

 “Não é somente o Estado que lesa direitos, mas também o particular viola direitos fundamentais e humanos. É preciso proteger o consumidor face aos riscos para a sua saúde e segurança e promover e resguardar os interesses econômicos dos consumidores", completou Glauberto.
 

Portal G1 Paraiba

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster