Mais três homens acusados de explodir caixas eletrônicos na Paraíba foram presos na madrugada desta segunda-feira (25) por policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande. O grupo considerado de alta periculosidade é acusado de atuar na Paraíba, em Pernambuco e no Rio Grande do Norte. A operação montada para encontrar os envolvidos foi batizada de ‘Varredura’.

Os nomes dos acusados e as circunstâncias como eles foram encontrados só serão divulgadas em entrevista coletiva às 15h de hoje na Central de Polícia de Campina Grande.

O delegado Wagner Dorta, gerente regional da Polícia Civil, adiantou que a operação conseguiu recuperar cinco carros roubados e uma pistola calibre ponto 40. Também foi apreendida uma grande quantidade de grampos de aço que eram utilizados para estourar pneus de carros da Polícia Militar durante perseguições, o que facilitava a fuga dos criminosos.

No último sábado (23), a Polícia Civil conseguiu prender dois adultos e apreender um adolescente, todos acusados de envolvimento nas explosões de três caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil de Remígio. Eles também seriam responsáveis por invadir e assaltar a casa de um comerciante no bairro da Liberdade, em Campina Grande, na última sexta-feira.

Um posto de atendimento do município de Santa Cruz, no Sertão paraibano, também sofreu ataque.

Fonte: Portal Paraíba 1 / Karoline Zilah

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster