joselito_lucena.jpg
joselito_lucena.jpg
Aos 79 anos, morre o locutor Joselito Lucena – A  Paraíba acaba de perder um dos maiores narradores esportivos de sua história. Faleceu na manhã desta sexta-feira, 04 de fevereiro, no Hospital da FAP, em Campina Grande, Joselito Lucena, que atualmente trabalhava na Rádio Caturité.

Joselito, de 79 anos e natural de Jacobina, Bahia, tinha câncer de pulmão. Sentiu-se mal e foi internado na FAP na última segunda-feira. Na manhã de quarta-feira apresentou problema de respiração. Levado à Unidade de Terapia Intensiva, não resistiu, falecendo no dia de hoje. O velório aconteceu na mortuária A Viagem, no bairro do São José, e o sepultamento  foi na manhã do sábado sábado (5), às 10h, no Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande. 

Veja a cobertura do sepultamento do radialista, no JPB – 2ª Edição da TV Paraíba, em 05/02/2011:{flv}2_2_20110205_070{/flv}

Joselito era pai do também narrador esportivo Rostand Lucena, presidente do Sindicato dos Bancários de Campina Grande e Região e da Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito do Nordeste (Fetec-NE).

Joselito Lucena, “Baiano” para os íntimos,  era uma legenda na narração esportiva da Paraíba. Trabalhou na Rádio Borborema muitos anos, até que na década de 90 trocou de prefixo, mudando-se para a Rádio Caurite. Sempre resistiu a qualquer convite para deixar Campina Grande. E não eram poucos.  Rádios de Recife, Bahia e até São Paulo tentaram levá-lo, sem sucesso.

Seguidor da escola de Fiori Gigliotti, era preciso na narração com seu estilo inconfundível. Formou muitas gerações de locutores e fez uma dupla insuperável com o comentarista Humberto de Campos, também falecido. Tinha predileção pelo Campinense, mas nada que prejudicasse sua isenção no exercício da radiofonia.
 
Para os membros da diretoria do Sindicato dos Bancários da Paraíba essa perda vai além das hostes esportivas. "Além de deixar uma grande lacuna no meio da comunicação  esportiva, Joselito  representa também uma grande perda enquanto cidadão correto e amigo leal. À família enlutada, as nossas condolências, em nome dos bancários da  Paraíba", afirmou consternado Marcos Henriques, presidente do Sindicato dos bancários da Paraíba. 

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster