Algumas das lendas que compõem o universo mitológico da cidade de João Pessoa, como a tragédia indígena que deu origem à fonte de Tambiá, no Parque Arruda Câmara (Bica), são recursos narrativos utilizados pelo escritor paraibano Paulo Vieira em seu novo romance, O peregrino. O lançamento acontece nesta quinta-feira, dia 21, às 18h30, na FCJA – Fundação Casa de José Américo, na praia do Cabo Branco.

 

Paulo Pontes explicou que o romance se passa na cidade da Parahyba (atual João Pessoa), no início do século XIX, e é inspirado na vida de Peregrino de Carvalho, herói da Revolução de 1817. Ele, aos 19 anos de idade, liderou a revolta no Rio Grande do Norte, como comandante de tropa. Preso em Olinda (PE), foi enforcado e esquartejado no campo do Erário. Sua cabeça e mãos foram trazidas em salmoura, e expostas no altar da Igreja de Bom Jesus, na capital paraibana. "O romance começa com o roubo da cabeça do herói.

A investigação que se segue vai conduzir o leitor para uma história de características policiais, de mistério e de absurdo, onde os mitos locais se tornam fatores importantes na condução da narrativa", revelou o autor.

Fonte: O Norte

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster