eleio2009_001r.jpg

eleio2009_001r.jpgClóvis Gomes, presidente da Comissão Eleitoral no pleito que elege a nova diretoria do Sindicato dos Bancários, disse nesta quarta-feira (13) que "como já é habitual a categoria participa da votação em um clima de perfeita harmonia". Clóvis recorda que a calma e a tranqüilidade demonstram a maturidade e a politização dos bancários, pois assim fica claro seu "senso democrático".

eleio2009_007r.jpgNo entendimento de Clóvis Gomes o fato do pleito acontecer com chapa única, encabeçada por Marcos Henriques, de forma alguma desvaloriza a sua condução ao comando do sindicato pelos próximos 3 anos. "Eu penso que essa eleição acontecer com apenas uma chapa mostra que os funcionários em empresas bancárias mostram sua satisfação com o grupo que encerra sua administração e que novamente estará à frente do nosso sindicato".

"A democracia foi respeitada plenamente e se houvessem 2 chapas também seria uma coisa das mais democráticas", disse Clóvis, acrescentando que "em momento algum isso pode transparecer desmobilização e como constatamos logo que iniciada a votação a participação da categoria foi maciça".

Já o aposentado do Banco do Estado da Paraíba, Francisco Ramalho Neves, manifestou toda sua alegria em participar ativamente do processo sucessório no Sindicato: "Eu me senti muito feliz no momento em que estava votando e reconduzindo essa diretoria que resgatou a minha alegria e me deu a oportunidade de praticar a democracia". Ramalho também relembrou que foi esta diretoria que deu vez e voz aos funcionários do extinto banco estatal, ao realizar o I Encontro de Ex-Funcionários do Paraiban, no ano passado. "Nós, aposentados, ficamos alijados do processo e nos sentimos ‘gente’ quando somos chamados a participar da vida sindical", arrematou Ramalho.

Veja as fotos: eleio2009_001r.jpgeleio2009_002r.jpgeleio2009_005r.jpgeleio2009_006r.jpgeleio2009_007r.jpgeleio2009_003r.jpg

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster