Sequestro thumb4

Sequestro thumb4 A Polícia Civil apresentou na tarde de segunda-feira (11) sete pessoas acusadas de praticarem crimes de extorsão mediante sequestro, conhecido como “sapatinho”.

Os criminosos foram presos depois de sequestrarem uma gerente do Santander, o marido dela e a empregada da casa, no mês passado, em Caeté, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles obrigaram a gerente a fazer a entrega de certa quantia de dinheiro, enquanto mantinham as outras duas vítimas como reféns.

Desta vez, a polícia acredita ter prendido os líderes da quadrilha Marcos Vinicius Evangelista Pinto, o “Torosca”, e David Bener Dutra. Eles tinham muita facilidade para recrutar novos criminosos quando outros integrantes eram presos.

Segundo o delegado, a quadrilha era muito organizada e para levantar informações das vítimas, mulheres de boa aparência se infiltravam nas agências e descobriam horários de chegada e saída dos gerentes, assim como cargos ocupados, rotas de tráfego, mapas, dentre outras.

Ainda de acordo com a polícia, a quadrilha planejava sequestrar um gerente de banco da cidade de Barão de Cocais, Região Central do Estado, mas foram impedidos durante a operação policial.

Fonte: Tábita Martins – Estado de Minas

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster