Funcionários do Banrisul querem avançar com novas conquistas

O Comando Nacional dos Banrisulenses se reúne com a diretoria do Banrisul nesta quinta-feira (11), às 14h30, na sede da Fetrafi-RS, em Porto Alegre, para a primeira rodada de negociação específica da Campanha 2014.

A rodada ocorre na véspera do aniversário de 86 anos do Banrisul, que ocorre nesta sexta-feira (12). O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre irá realizar um ato a partir das 16h, em frente à Agência Central, na Praça da Alfândega, no centro da capital gaúcha.

“Os colegas do Banrisul precisam atender o chamado da nossa Campanha Salarial. Entramos na fase de mobilização. O Comando Nacional está enfrentando muitas dificuldades na mesa de negociação com a Fenaban. Estamos intensificando a nossa mobilização. O banco tem registrado aumento no lucro a cada ano. Isto é sinal que o trabalho dos banrisulenses é muito bom. Por isso é tempo de ampliar os nossos direitos”, diz o presidente do SindBancários, Everton Gimenis.

Os banrisulenses devem ficar atentos à mesa de negociação. A Campanha 2014 entrou numa fase em que a mobilização é fundamental, a fim de mostrar para a diretoria do Banrisul que a disposição para ver os direitos avançar é muito grande. O banco pode atender e ampliar as conquistas. Os bancários trabalharam muito para garantir a saúde financeira e a trajetória de lucro crescente do banco dos gaúchos.

Pauta específica do Banrisul

> Adicional mensal de R$ 1.126,20 para caixas que desempenharem funções de tesoureiro e que não seja comissionado.

> Gratificação mensal de R$ 1.260,00 para funcionários do Call-Center, Operadores de Negócio (ONs) e plataformistas que não exerçam as funções de caixa e ONs.

> Criação de uma RV4, com a formação de um fundo mensal, que será dividido entre os plataformistas.

> Negociação permanente sobre todo e qualquer assunto relacionado com os objetivos de produtividade do Banrisul.

> Criação de remuneração complementar a partir da distribuição de percentual de 10% do total da venda de todos os produtos financeiros e 5% dos serviços prestados e distribuídos linearmente a todos os empregados.

> Fim das metas abusivas.

> Retorno das férias antiguidades.

> Mais contratações.

> Estratégias de gestão com a participação dos banrisulenses.

> Não às terceirizações.

> Reposição especial de R$ 557,48 para o quadro de TI-II e um incentivo de Vantagem de Nível para funcionários do Quadro A que exerçam atividades de TI nas unidades de TI.

> Pagamento aos banrisulenses que trabalham com vendas de produtos dos mesmos 1% pagos aos correspondentes imobiliários.

> Reformulação do artigo 59 do Regulamento de Pessoal para tornar perene o Plano Desempenho, com pagamento de metade no primeiro semestre e metade no segundo.

> Implementação imediata do novo Plano de Carreira.

> 13ª Cesta Alimentação no valor de R$ 1.125,00.

> Isenção de pagamentos de tarifas pelo banrisulenses em empréstimos e taxas de juros abaixo do mercado extensiva ao cheque especial e ao crédito consignado.

> Pagamento pelo banco a todos os banrisulenses das perdas salariais de 1999 e 2000 pelo não cumprimento de acordo com a Fenaban.

> PLR Banrisul de 2,5% sobre o lucro líquido e distribuição linear.

> Pagamento do mesmo 1% pago aos correspondentes imobiliários aos banrisulenses que trabalham com venda de produtos de crédito imobiliário.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Porto Alegre

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster