Uma quadrilha de cinco homens assaltou uma agência do Banco do Brasil, no município de Machados, no Agreste de Pernambuco, e fez vários reféns. Foi por volta o meio dia de quinta-feira (17).

Na investida não conseguiram ter acesso ao cofre, levando apenas o dinheiro que circulava nos caixas, pertences dos clientes, armas e coletes dos vigilantes.

Dois deles, desarmados, entraram na agência com a desculpa de que precisavam trocar uma nota de R$ 50. Logo depois, outros três, armados, entraram e renderam os vigilantes.

Na fuga o grupo fez cinco reféns na frente da agência, um vigilante, a subgerente e dois clientes. Mas, decidiram levar duas clientes, liberando os outros.

Então, pegaram o um Vectra de cor prata, de placa KKu-3546, no qual chegaram ao local, e seguiram por cerca de dois quilômetros, até chegar a um bairro próximo ao centro do município chamado Chão dos Ventos, onde deixaram o Vectra. Lá tinha um outro veículo, dessa vez um Fox, parado, que não teve a placa revelada.

Lá liberaram as duas vitimas e levaram com ele um pedreiro que trabalha em uma obra, do lado do carro veículo e que reside próximo do local. Os cinco criminosos e o refém seguiram para Timbaúba.

Na fuga, o pneu do Fox estourou e eles decidiram liberar o refém e fugir pela mata, a pé. O local foi cercado pela polícia que os perseguia, mas não houve nenhuma prisão.

A Polícia Militar seguiu com as buscas. Na fuga um dos elementos atirou contra um policial militar, ainda na frente da agência, mas não houve revide.

Os reféns não tiveram nenhum ferimento, com exceção da subgerente que teve uma pequena lesão na clavícula, mas, segundo o delegado José Humberto Dantas, foi encaminhada para uma unidade hospitalar do Recife, sem nome revelado.

Ainda de acordo com informações do delegado, o veículo Vectra foi roubado em Olinda, no bairro de Ouro Preto, e foi encaminhado a Delegacia de Roubos e Furtos, de onde será devolvido ao proprietário. Dentro do veículo a polícia encontrou um fuzil de uso restrito das força armadas e 4 munições intactas.

Antes de chegar a agência do BB, nos dois veículos, o grupo tinha passando em São Vicente Ferre, a 23 km do município, onde pretendiam assaltar. Quando perceberam a presença de muitos policiais na frente do local, desistiram. O grupo já foi identificado pelos policias, mas os nomes não foram revelados. Eles são pernambucanos, integrantes de uma quadrilha de assalto a banco.

Fonte: Folha de Pernambuco

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster