bradesco detonado 10052013

Crédito: Francisco Júnior
bradesco detonado 10052013

A explosão foi a sétima investida criminosa contra bancos na Paraíba este mês e a 51ª ocorrência do ano – Quatro homens em duas motos explodiram um caixa eletrônico do Bradesco na madrugada desta sexta-feira (10). O crime ocorreu na cidade de São João do Cariri, no Cariri da Paraíba.

De acordo com o soldado Allan Sousa, do Destacamento da Polícia Militar de Serra Branca, os criminosos chegaram na cidade por volta das 02h30 e foram em direção ao posto de atendimento que fica situado em frente a um residencial.

Ainda de acordo com o policial, os criminosos utilizaram bananas de dinamites para explodir o caixa. Após o crime, a quadrilha fugiu com destino a cidade de Campina Grande, no Agreste paraibano.

Viaturas da Polícia Militar de todas as regiões foram deslocadas para a cidade, mas até as 07h, nenhum dos acusados não foi identificado. O posto de atendimento do banco já foi alvo de ações criminosas.

“A violência vem crescendo assustadoramente no nosso Estado. Os bancos investem muito pouco em segurança e, de forma geral, não existem políticas preventivas capazes de barrar essa onda criminosa que tem aterrorizado bancários, clientes, vigilantes e a sociedade como um todo”, Desabafa Marcos Henriques, presidente do Sindicato dos Bancários da Paraíba.

Analisando os números, houve um crescimento da ordem de 144% das ocorrências criminosas contra bancos no Estado nos quatro primeiros meses deste ano em relação ao mesmo perído de 2012. “Estamos assustados com as estatísticas que já contabilizam 51 ocorrências até a segunda semana de maio, quando o total de crimes o ano passado ficou em 63 registros. Se nenhuma medida efetiva for tomada e as ocorrências seguirem a tendência crescente chegaremos a um patamar alarmante no final de 2013. E é preciso que algo seja feito, urgentemente”, ressalta o dirigente sindical cutista.

Os 51 crimes contra bancos registrados até agora ocorreram através de explosões (16), arrombamentos (13), assaltos (9), tentativas de assalto/arrombamento/explosão (10) e na modalidade criminosa conhecida como saidinha de banco (3).

Fonte: SEEB – PB / Otávio Ivson, com Portal Correio

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster