Uma agência do Santander foi assaltada, na manhã de sexta-feira (25), no bairro Bigorrilho, em Curitiba. Um levantamento preliminar da Polícia Militar (PM) aponta que seis homens armados efetuaram o roubo. Não há registro de feridos na ação. Foi o quarto assalto a banco ocorrido mesma semana na capital paranaense.

O assalto ocorreu por volta das 10h30, em uma agência do banco espanhol, localizada na Rua Padre Anchieta. Segundo a PM, os assaltantes conseguiram render dois vigilantes que faziam a segurança do estabelecimento. Após cometer o roubo, o grupo teria fugido em um automóvel Astra.

O levantamento da PM aponta que os bandidos conseguiram entrar armados no banco porque a porta giratória da agência estaria com defeito. O valor levado no assalto não foi informado pelas autoridades. Além de dinheiro, os bandidos roubaram dois revólveres e dois coletes balísticos que estavam com os vigilantes. O caso será investigado pelo Centro de Operações Policiais Especiais.

Outros casos

Na quarta-feira (23),um posto bancário que fica dentro de uma concessionária de veículos no bairro Tarumã, em Curitiba, foi assaltado no início da tarde desta quarta-feira (23). Segundo a polícia, dois homens se passaram por clientes para cometer o roubo. Um dos acusados foi preso.

Outros dois assaltos a banco já haviam sido registrados nesta semana, ambos na terça-feira (22). Um dos crimes ocorreu na agência do banco Santander, no bairro Fazendinha. Quatro homens armados roubaram dinheiro e uma arma calibre 38.

Outro caso foi registrado na agência BB Mais, na Rua Comendador Araújo, no Centro. Dois homens invadiram o local, que funciona como correspondente bancário do Banco do Brasil.

Neste ano, já foram oito agências assaltadas. No dia 11 de março, a Gazeta do Povo mostrou que, além dos bancos, as joalherias também estão na mira dos bandidos neste início de ano. Este tipo de crime se intensificou a partir de novembro de 2010.

Segundo o Cope, essas ações deixaram de ser exclusividade de assaltantes "especializados" nesta modalidade. Além disso, as investigações apontam falhas de procedimentos no que diz respeito à segurança dos estabelecimentos.

Fonte: Jornal de Londrina

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster