Na última quinta-feira (15) os funcionários do Banco do Brasil de Machadinho do Oeste-RO, reunidos em assembléia geral, decidiram por unanimidade, com o apoio do Sindicato dos bancários de Rondônia (Seeb RO) e de membros da classe política do município, paralisar as atividades por 24 horas, nesta terça-feira (20), em protesto contra a resposta do BB de redimensionar o espaço da agência apenas em 2010.

A luta pela melhoria do atendimento naquela agência vem sendo travada há vários anos pelos funcionários, comunidade e Sindicato dos bancários de Rondônia, mas o BB não tem feito melhorias e seguidamente adia resolução dos problemas.

Segundo o Seeb RO, a população não suporta mais as péssimas condições de atendimento recebido na unidade, tanto pelo reduzido espaço em que os clientes ficam amontoados, quanto pelo pequeno número de funcionários, que não conseguem prestar um atendimento com a qualidade mínima necessária.

O Sindicato de Rondônia, através dos diretores Sidnei Celso e José Toscano, fez contatos com lideranças políticas e demais membros da sociedade local e conseguiu apoio irrestrito ao movimento que busca conquistar para os cidadãos um atendimento bancário de qualidade por parte do Banco do Brasil. "É impressionante as declarações que recebemos tanto de lideres políticos, quanto de clientes e usuários sobre a situação de penúria a que estão submetidos com o atendimento do Banco do Brasil, na cidade", comenta o diretor do Seeb RO, Sidnei Celso.

O Seeb RO já protocolou inúmeros documentos na gerência regional do banco em Rondônia, que não tem qualquer autonomia e está subordinada à superintendência de Mato Grosso; sendo que a última resposta oficial da instituição informaria que nenhuma providência será tomada até 2010, o que revoltou os funcionários e a população e motivou o protesto.

Fonte: SEEB – RO

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster