A agência do Banco do Brasil, no município de Esmeralda, na base do Sindicato dos Bancários de Vacaria, foi alvo de ladrões por volta da 1h da madrugada de segunda-feira, dia 25, no interior do Rio Grande do Sul. Dois homens armados renderam o vigilante da Prefeitura, que fica localizada ao lado do banco e em seguida praticaram o roubo.

Os ladrões entraram no prédio por uma janela basculante e arrombaram o cofre com o auxílio de uma furadeira de alta pressão. Segundo informações da Polícia Civil, o alarme da unidade chegou a ser acionado, mas foi desligado pelos assaltantes.

Com uma população de cerca de 6 mil habitantes, Esmeralda se localiza na Região Nordeste do Estado. Devido à proximidade com Santa Catarina, o município oferece diversas rotas de fuga, o que dificulta o trabalho de investigação da polícia.

De acordo com informações do Sindicato, sete funcionários trabalham na agência do BB de Esmeralda, que verificaram o ataque somente na manhã de segunda-feira, no início do expediente. A agência não possui circuito interno de vigilância por vídeo.

Alvos fáceis

Os municípios menores têm sido os alvos favoritos das quadrilhas especializadas em assalto a banco ao longo dos últimos anos. De acordo com o titular da Comissão de Segurança Bancária da Fetrafi-RS, Lúcio Paz, a falta de equipamentos de segurança nas agências e postos bancários e o efetivo policial insuficiente são fatores que contribuem para os ataques nas pequenas cidades.

"Estamos cobrando a retomada das reuniões do Grupo Interinstitucional de Trabalho sobre Segurança Bancária, vinculado à Secretaria de Segurança Pública do RS. Já estamos no segundo semestre do ano e ainda não voltamos a discutir medidas preventivas contra os ataques a bancos. Trata-se de um problema crescente e visivelmente fora de controle", denuncia o dirigente sindical.

Fonte: Fetrafi-RS e Seeb Vacaria

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster