Três homens assaltaram a agência do Bradesco na avenida Aguanambi, no Bairro de Fátima, em Fortaleza, no começo da tarde de terça-feira (24). Segundo informações do Comando de Policiamento da Capital (CPC) e que esteve no local, os homens renderam vigilantes, funcionários e clientes e levaram o dinheiro da agência. 

Também fugiram com as armas dos dois vigilantes e objetos de clientes. A agência foi fechada após a ação dos bandidos.

Na quarta-feira (25), durante toda a manhã, o Sindicato dos Bancários do Ceará esteve na agência denunciando à população o descaso dos banqueiros com a segurança.

De setembro de 2011 até agora já foram três ataques a unidades do Bradesco, cujas agências não possuem portas giratórias.

"Isso facilita as ações dos assaltantes e mostra o descaso do banco com a segurança de trabalhadores, clientes e usuários. O Bradesco é um dos principais bancos privados do País e tem condições de investir mais na proteção à vida", avalia Carlos Eduardo Bezerra, presidente do Sindicato.

Ataques em 2012

Agora já são sete ataques a bancos somente em 2012, o segundo a agências do Bradesco. No final de 2011, o banco foi atacado duas outras vezes na Capital e o fato de não haver porta giratória também contribuiu para a facilitação desses ataques.

Fonte: Seeb CE

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster