Seeb Londrina

A população da cidade também realizou protesto no dia 30 de dezembro - Seeb Londrina

A população da cidade também realizou protesto no dia 30 de dezembro

O objetivo é impedir que o banco feche aquela unidade, que foi praticamente destruída no dia 12 de dezembro, juntamente com a agência do Banco do Brasil – Preocupado com a manutenção dos empregos na categoria e com o bom atendimento da população, a diretoria do Sindicato dos Bancários de Londrina realizou protesto na quarta-feira (6) em frente à agência do Itaú em Tamarana.

O objetivo, segundo Regiane Portieri, presidenta do Sindicato, é impedir que o banco feche aquela unidade, que foi praticamente destruída no dia 12 de dezembro, juntamente com a agência do Banco do Brasil, por uma quadrilha de assaltantes de banco. Eles utilizaram uma retroescavadeira da Prefeitura da cidade para arrombar os bancos e retirar caixas eletrônicos.

“Estamos cobrando a responsabilidade social do Itaú para evitar o encerramento das atividades em Tamarana. Aquela agência tem cerca de 1,5 mil clientes e também é encarregada do pagamento de benefícios de mais de 2 mil aposentados e pensionistas, que serão prejudicadas com essa decisão tomada tão somente para cortar custos”, avaliou Regiane.

Em função dessa medida, a população da cidade também realizou protesto no dia 30 de dezembro, como forma de impedir que a agência seja fechada.

“Desde quando ocorreu o ataque, o banco não retomou suas atividades, obrigando os clientes e usuários a se dirigirem a Londrina ou Faxinal para realizar suas operações bancárias. Até mesmo o comércio de Tamarana está perdendo com essa intransigência e falta de sensibilidade da administração do Itaú, que só está preocupada em elevar ainda mais o lucro exorbitante”, criticou a presidenta do Sindicato dos Bancários de Londrina.

Além da unidade de Tamarana, o Itaú também já anunciou o encerramento das atividades da agência 4018, em Londrina, e da localizada em Rancho Alegre, que foi alvo de explosivos no mês de dezembro.

Fonte: Seeb Londrina

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster