Crédito: Seeb ABC
Seeb ABC Foi realizada na segunda-feira, dia 18, na sede do Sindicato dos Bancários do ABC, uma reunião entre dirigentes sindicais e representantes do Santander, entre eles o superintendente de Relações Sindicais, Jerônimo dos Anjos.

O objetivo do encontro – solicitado pelo Sindicato por conta de diversas ocorrências de assaltos em apenas 15 dias nas unidades do banco na região – foi apresentar uma lista de medidas preventivas a serem tomadas para melhorar a segurança nas agências e proteger os trabalhadores.

 

Na oportunidade, a presidenta do Sindicato, Maria Rita Serrano, relembrou os números deste tipo de violência no ABC este ano. Ela frisou que das 11 ocorrências na cidade cinco se deram no Santander "demonstrando um nível muito claro de fragilidade da empresa". Ela disse também as mais graves, como da Senador Flaquer, e apontou que "não interessa a ninguém essa situação de fragilização na segurança".

Rita ainda exemplificou casos exitosos como o da Caixa Econômica Federal em que medidas preventivas diminuíram sobremaneira o número de assalltos.

As medidas consideradas urgentes e fundamentais para a inibição dos assaltos na região foram apresentadas pelo secretário-geral do Sindicato, Eric Nilson. Por ser um assunto delicado, o rol de propostas não pode ser divulgado. "Porém, a preocupação com a integridade dos funcionários foi posta em primeito lugar", garante o dirigente sindical.

Jerônimo, após receber as reinvidicações do Sindicato, disse que elas serão avaliadas. "Os elementos contidos nesta lista serão apresentados aos especialistas da área de segurança do banco para avaliação e até o final do mês estaremos posicionados com relação ao tema", avisou.

Fonte: Érika Soares – Afubesp

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster