Na sexta-feira, 13 de maio, o Sindicato dos Bancários da Paraíba, através de sua Assessoria Jurídica, entrou com uma interposição contra a decisão do Desembargador Delator do mandado de segurança que tornou sem efeito a liminar suspendendo a reestruturação da Caixa Econômica Federal na Paraíba. 

A instituição financeira pública entrou com Mandado de Segurança junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, a fim de afastar a liminar deferida pela Juíza da 6ª Vara do Trabalho de João Pessoa, Rita Leite Brito Rolim, que havia determinado a suspensão da Reestruturação. O Desembargador Relator, nos autos do MS nº 0000096-71.2016.5.13.0000, acolheu a tese da Caixa Econômica e afastou a suspensão da Reestruturação, alegando que o Banco não age em afronta a nenhum dispositivo legal.

Para Silvana Ramalho, diretora do Sindicato e funcionária da Caixa, a nova situação é desafiadora e coloca uma perspectiva de diálogo necessário para a condução saudável do processo de reestruturação. “Esperamos que a direção da Caixa Econômica abra o diálogo com os funcionários e seus representantes, para que as mudanças necessárias sejam feitas respeitando também os interesses dos empregados”, concluiu. 

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster