Em mais uma atitude de desrespeito aos trabalhadores, a Caixa Federal descumpriu o acordo coletivo referente à compensação dos dias de greve. Embora tenha sido documentado que nenhum bancário teria descontado em seu salário as horas não compensadas relativas à Campanha Nacional 2008, o que se viu foi bem diferente.

Vários trabalhadores tiveram valores descontados, o que levou o Sindicato dos bancários do Juiz de Fora (Sintraf-JF)a tomar as atitudes cabíveis. A ação coletiva proposta pelo Sindicato dos bancários de Juiz de Fora solicita a devolução dos valores descontados, além de indenização por danos morais. "Os bancários não esperavam por esse abatimento no seus vencimentos, justamente no mês de janeiro, onde se concentram as maiores despesas, como impostos e gastos escolares. Por isso também solicitamos a indenização", explica o advogado do Sintraf JF, Mauro Duriguetto.

Com relação ao estorno dos valores descontados, Mauro afirma que foi impetrada uma liminar, solicitando para que em 5 ou 6 dias os bancários sejam restituídos. "Queremos garantir de imediato o que foi firmado no acordo coletivo, e futuramente será julgada a causa da indenização aos trabalhadores", explica. A ação foi proposta no dia 20, através do Processo nº 076/2009/037, com trâmite na 3ª Vara do Trabalho. A audiência está marcada para 10 de fevereiro.

Em várias partes do Brasil os sindicatos também estão acionando a justiça, no mesmo intuito de fazer valer o acordo coletivo firmado com a Caixa, exigindo a devolução imediata dos valores descontados.

Fonte: Sintraf JF

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster