Crédito: Seeb Brasília
Seeb Brasília
Assembleias que deflagraram a greve de 2010, um dos picos de acessos

O site da Contraf-CUT recebeu 1.077.920 visitas durante o ano de 2010, segundo a ferramenta de contagem de acessos Google Analytics. O número significa uma média de 89.826 visitas por mês, ou quase 3 mil a cada dia, incluindo fins de semana e feriados. Cada visitante do site acessou em média 2,46 páginas, totalizando 2.646.893 visualizações de páginas (pageviews) no ano.

O pico de acessos foi alcançado no dia 11 de outubro, data da última negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban durante a Campanha Nacional 2010. Neste dia, o site recebeu 49.053 visitas.

O dia 13 de outubro contou número semelhante, 48.986 visitantes, e ficou em segundo lugar. Foi a data das assembleias que definiram a aceitação das propostas da Fenaban, BB, Caixa e demais bancos públicos, com o fim da greve da categoria na maioria das bases sindicais.

O terceiro colocado em visitas foi o dia 29 de setembro, data das assembleias que deflagraram a greve da categoria em todo país.

"Receber mais de um milhão de visitas em 2010 é motivo de grande satisfação, especialmente para a nossa equipe de trabalho, e um sinal de reconhecimento da importância da Contraf-CUT para os bancários, a comunicação e a sociedade", avalia o secretário de imprensa da Contraf-CUT, Ademir Wiederkehr.

"Essa marca é também um estímulo e um desafio para seguirmos trabalhando com a mesma garra, dedicação, agilidade e profissionalismo, a fim de levar cada vez mais informações para todos os cantos do país e fortalecer a comunicação e as lutas dos bancários e da classe trabalhadora, na construção de um Brasil mais justo, digno e solidário", conclui o dirigente sindical.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster