Uma tentativa de assalto causou pânico e deixou um vigilante ferido no HSBC de Piedade-PE, na segunda-feira, dia 31 de janeiro. Era por volta de meio-dia, quando dois homens entraram na agência com armas de brinquedo e renderam os seguranças.

Um vigilante reagiu e o assaltante que esperava a dupla do lado de fora da unidade abriu fogo. Na troca de tiros, um vigilante e um dos bandidos se feriram sem gravidade. Os ladrões desistiram do assalto e fugiram, sem levar nada.

Embora a ação tenha durado poucos minutos, os bancários ficaram bastante assustados. O Sindicato dos Bancários de Pernambuco foi imediatamente ao local e fechou a agência pelo resto do dia, além de exigir a presença de um psicólogo do banco para verificar a situação emocional dos funcionários.

"Os bancários estavam muito abalados. Este é mais um exemplo da falta de segurança que tomou conta das agências dos bancos em todo o país. O Sindicato exige uma série de medidas para melhorar o sistema de segurança, pois os bancos já provaram que não estão nem aí para a vida de clientes e funcionários", afirma o diretor do Sindicato, Geraldo Times.

Ele chegou ao local poucos minutos depois da tentativa de assalto, juntamente com os dirigentes Suzana Andrade, Chico Assis e Carlos Alberto.

Fonte: Fábio Jammal – Seec PE

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster