A Contraf/CUT e o Sindicato dos bancários de São Paulo, Osasco e região (Seeb/SP) estão mobilizados junto aos trabalhadores da Montana Soluções Corporativas, empresa terceirizada que presta serviços ao Banco do Brasil. 90% dos cerca de 700 trabalhadores que atuam na empresa cruzaram os braços desde às 5h da manhã de hoje. O movimento sindical bancário reivindica da terceirizada do BB o fim da exploração e precarização dos serviços a que estão submetidos os seus funcionários.

Na Montana, os trabalhadores não estão recebendo o Vale-Transporte, o FGTS está atrasado e o plano de saúde foi cancelado. Além disso, ao serem demitidos, a empresa não cumpre com seus deveres trabalhistas. Os funcionários não estão recebendo as verbas indenizatórias.

"Mais uma vez os trabalhadores bancários que prestam serviços as terceirizadas sofrem com o descaso e a exploração, resultado do barateamento da mão de obra", diz Lindiano José da Silva, diretor da Contraf/CUT. "Seja em terceirizadas de bancos públicos ou privados, a solução é a mesma. Só conseguiremos melhorias a todos com a organização dos trabalhadores", finaliza.

Fonte: Contraf/CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster