SÃO PAULO – Ao mesmo tempo em que divulgou um prejuízo de US$ 8,29 bilhões no quarto trimestre de 2008, o Citigroup anunciou que vai dividir o grupo em duas empresas distintas: a Citicorp, que será responsável pela atividade bancária em mais de cem países, cartões de crédito e banco de investimento; e a Citi Holdings, que fará corretagem, gerenciamento de ativos e outras atividades não vitais.

De acordo com o presidente do Citigroup, Vikram Pandit, essa divisão atende a uma nova estratégia administrativa, voltada para a recuperação da lucratividade. Em nota, o banco diz que a reestruturação permitirá concentrar esforços em sua principal atividade, enquanto gera mais valor com seus ativos periféricos.

"Dado o ambiente de mercado, decidimos acelerar a implementação da estratégia de focar nos nossos core businesses. Isso vai ajudar os esforços para reduzir a exposição do balanço e simplificar a organização, o que nos permitirá servir melhor os clientes, sem risco de ruptura" , afirmou Pandit. "Com melhor risco e uma linha mais enxuta de negócios, esperamos que o Citicorp seja uma unidade de alto crescimento e retorno elevado. E com a Citi Holdings, poderemos fortalecer nosso foco em administração de risco e qualidade de crédito em negócios com forte posição no mercado, mas que não são centrais em nossas atividades."

A Citicorp nasce com ativos de cerca de US$ 1,1 trilhão. Já a Citi Holdings vai englobar atividades que "não fortalecem suficientemente as capacidades dos core businesses do Citi, mas competem por seus recursos ". Entre tais unidades estão os 49% da recém-formada aliança Morgan Stanley Smith Barney (de corretagem), as corretoras Nikko Cordial Securities, Nikko Asset Management e Primerica Financial Services e as financeiras regionais CitiFinancial e CitiMortgage.

Fonte: Valor Online

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster