Um assalto à agência do Banco do Brasil do Ceasa, no bairro do Curado, em Recife, causou pânico em bancários e clientes na última sexta-feira, dia 5. O crime aconteceu por volta das 18h e a violência dos bandidos deixou uma pessoa ferida e todas as vítimas assustadas.

Segundo o secretário de Saúde do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, Wellington Trindade, um grupo de sete bandidos entrou na agência pouco antes do fechamento e aguardou na fila, como se esperasse o atendimento. “Na verdade eles estavam esperando a agência esvaziar um pouco. Por volta das 18h, anunciaram o assalto e roubaram, não só o banco, mas também os pertences dos bancários e clientes”, conta.

Um dos clientes tinha uma aliança que estava apertada e não saia facilmente do dedo. Os bandidos, então, agrediram a vítima e roubaram a aliança e os pertences de valor de todos que estavam na agência. “O Sindicato foi até a unidade nesta segunda-feira (8) e orientou os bancários a apresentar um levantamento dos pertences pessoais que foram levados para que a gente cobre do BB uma indenização”, diz Wellington.

O Sindicato também garantiu que a agência permanecesse fechada nesta segunda-feira para que os funcionários do BB pudessem receber o atendimento psicológico previsto na Convenção Coletiva dos Bancários. “Alguns funcionários estavam tão assustados que o BB aceitou afastá-los do trabalho por um tempo”, relata.

Wellington diz que o BB também aceitou emitir a CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) para todos os bancários que presenciaram o assalto. “Este documento é de extrema importância, pois ele vai atestar que o bancário passou por um acidente de trabalho caso venha a sofrer algum transtorno psicológico por causa da violência do assalto”, afirma o dirigente sindical.

Dezesseis assaltos em 2013

Com o roubo ao BB do Ceasa subiu para 16 o número de assaltos a banco registrados em Pernambuco este ano. A quantidade de crimes é praticamente a mesma registrada no primeiro semestre do ano passado, quando 17 unidades foram alvo dos assaltantes.

No mesmo dia em que o BB do Ceasa foi assaltado, a agência do Bradesco no Janga sofreu uma investida criminosa.

“As agências bancárias continuam sofrendo com problemas de segurança. Esperamos que os bancos cumpram o compromisso firmado para implantação do projeto-piloto de segurança bancária, cujo prazo expira em agosto (leia aqui)”, finaliza Wellington.

Fonte: Contraf-CUT com Seec Pernambuco

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster