Crédito: Seeb Porto Alegre
Seeb Porto AlegreAssembleia recusou proposta rebaixada da Fenaban por unanimidade

A greve dos bancários iniciou a semana em Porto Alegre com uma assembleia nesta segunda-feira, dia 7, que rejeitou, unanimemente, a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentada na sexta-feira, dia 4. Com a participação massiva dos bancários, a categoria demonstrou sua unidade e disposição para enfrentar os banqueiros e seguir firme para a quarta semana de greve.

De forma democrática, foram socializados os dados referentes às agências paralisadas e aos números desta greve através de seus dirigentes. Lúcio Paz, diretor jurídico do Sindicato, informou que em Porto Alegre e Região Metropolitana 332 agências estavam paralisadas nesta segunda. No Estado, o total de agências fechadas chegou a 743. No Brasil, 11.717 agências estão em greve. Assembleias em todo o país também rejeitaram a proposta. A greve nacional dos bancários segue firme e forte.

Os bancários estão atentos às reivindicações e não irão aceitar migalhas dos banqueiros. O presidente do SindBancários, Mauro Salles, elogiou a participação da categoria na assembleia e se surpreendeu com a união dos trabalhadores que rejeitaram, por unanimidade, a proposta da Fenaban. 

“Eles afrontam a nossa categoria com essa proposta indecente. É um desrespeito com os trabalhadores. Prova da unidade foi a decisão tomada nessa assembleia de forma unânime que rejeitou a proposta da Fenaban”, disse Mauro.


Fonte: Contraf-CUT com Seeb Porto Alegre

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster