A demissão de uma bancária com 30 anos de serviços prestados ao Itaú levou o Sindicato dos Bancários de Londrina a realizar nesta quarta-feira (23) a operação “Demitiu, Parou” na agência do banco, recordista em lucros, localizada em Sertanópolis, na região metropolitana de Londrina.

Acácio dos Santos, diretor do Sindicato de Londrina, afirma que a bancária atuava no caixa e era muito querida pelos colegas, clientes e usuários, pelo trabalho que realizou no banco por diversos anos.

“Essa demissão vem ressaltar a perversidade da política de pessoal do Itaú, que manda para o olho da rua uma pessoa que dedicou grande parte de sua vida ao trabalho no banco. Isto mostra que o banco só se preocupa com o que isso vai representar para reduzir nas despesas com a folha de pagamento e elevar ainda mais seus lucros”, aponta Acácio.

Segundo ele, com este corte, a agência do Itaú em Sertanópolis ficou com uma dotação muito aquém da necessária para dar conta dos serviços, pois tinha apenas cinco funcionários, mas um está em tratamento médico e só retornará daqui a seis meses, restando agora apenas três pessoas para dar conta de toda a demanda de Sertanópolis.

Fonte: Seeb Londrina

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster