manifestacao_agua_4.jpg

manifestacao_agua_4.jpgNa última terça-feira, 31 de março, a Agência Varadouro, do Banco do Brasil, na capital paraibana foi denunciada por fornecer água contaminada para consumo de clientes e funcionários, por conta da redução das despesas com aquisição de água mineral em um banco estatal que teve o lucro recorde de R$ 8,8 bilhões no ano passado.

A diretoria do Sindicato dos Bancários da Paraíba foi até o local da denúncia e apurou que, por medida de economia, a administração daquela agência só disponibiliza dois botijões de água mineral por dia. Excedida essa cota, os bebedouros são abastecidos com água da torneira, oriunda de uma cisterna que não dispõe de nenhum tratamento, expondo os consumidores à contaminação.

O mais grave nessa denúncia é que a administração da agência Varadouro solicitou a análise da água consumida, para auferir o seu grau de pureza. E, mesmo com o resultado da análise detectando a presença de coliformes fecais, continuou orientando a prática de fornecimento de água da torneira, quando fossem consumidos os dois botijões de água mineral por dia.

Indignada com essa prática absurda e desumana, a diretoria do Sindicato dos Bancários da Paraíba fez a denúncia formal do procedimento à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De imetiato, a Anvisa mandou uma equipe de técnicos ao local, onde os mesmos coletaram material para análise, cujo resultado será apresentado dentro de dez dias.

Segundo Marcos Henriques, secretário-geral do SEEB – PB, esta é apenas mais uma denúncia envolvendo a farsa da "responsabilidade social" com a qual o Banco do Brasil, maior banco público do país, tenta enganar os brasileiros. Para o dirigente sindical, os maus tratos com os funcionários – castigados com a extrapolação da jornada de trabalho e constantes situações de assédio moral – e com os clientes – que já sofrem com as longas filas, condições precárias de atendimento, submetidos às altas taxas de juros e taxas de serviço – chegaram ao extremo. É um absurdo, um banco estatal que bateu mais um recorde de lucro, economizar até água", arrematou.

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster