Acúmulo de trabalho prejudica categoria em plena campanha de valorização dos funcionários – (São Paulo) O Bradesco, em plena campanha pela valorização dos funcionários, está colocando em prática um projeto piloto, que iniciou em 2008 e sobrecarrega os bancários. O banco está exigindo que gerentes administrativos sejam responsáveis por dois locais diferentes, as agências Prime e varejo. Apesar de ficarem no mesmo prédio, são locais de trabalho diferentes.

Denúncias sobre a atitude da direção do Bradesco chegaram até os dirigentes sindicais no final do ano passado. Após confirmação do ocorrido, o Sindicato entrou em contato com representantes do banco, que afirmaram que o objetivo era integrar os funcionários das duas agências, mas agora, com o projeto colocado em prática, o resultado é o acúmulo de tarefas, de funções e um verdadeiro transtorno aos trabalhadores.

“Fizemos um novo contato com o banco em fevereiro, questionando o projeto, pois vários trabalhadores não gostaram do que foi colocado em prática e estão preocupados. A orientação é que os funcionários envolvidos nesse processo guardem e-mails e outros documentos que comprovem o trabalho executado em duas agências diferentes, para terem respaldo em possíveis medidas judiciais cabíveis contra a instituição financeira”, alerta o diretor do Sindicato e funcionário do banco Rubens Blanes.

Fonte: SEEB – SP / Gisele Coutinho

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster