Crédito: Marcelo Camargo/ABr
Marcelo Camargo/ABrBancários protestam no vão do Masp, na avenida Paulista, em São Paulo

A Comissão de Trabalho da Câmara dos Deputados, aprovou nesta quarta-feira (2) requerimento de autoria do deputado Chico Lopes (PCdoB-CE) solicitando a realização de audiência pública para buscar a intermediação de diálogo entre a Federação Nacional de Bancos (Fenaban) e os bancários, em greve em todo o País, desde o último dia 19. 

O requerimento foi aprovado diante da justificativa de urgência para a busca de um entendimento que contemple as reivindicações da categoria e o interesse da sociedade, na retomada das atividades das agências bancárias, com segurança, qualidade de serviço e respeito aos trabalhadores.

“Os bancários seguem em luta, de um modo muito intenso, em todos os estados, com a maior parte das agências bancárias paradas, com grandes consequências mas também com muito apoio por parte da sociedade. Agora, chama a atenção a ausência de resposta da Fenaban às reivindicações. Não está havendo diálogo, nenhuma demonstração de interesse em resolver a questão”, aponta o deputado Chico Lopes, integrante da Comissão de Trabalho, na qual será realizada, em data a ser definida, a audiência pública para a qual serão convidados representantes dos banqueiros e dirigentes sindicais dos bancários.

“A categoria está indignada com a ausência de resposta por parte da Federação dos Bancos aos trabalhadores. Uma vez que a greve traz consequências diretas sobre o cotidiano de atividades em todo o País, a Comissão de Trabalho da Câmara Federal procurará contribuir nessa intermediação, para que haja uma resposta aos trabalhadores e à sociedade”, enfatiza Chico Lopes. 

“Temos compromisso do presidente da Comissão de que a audiência pública será marcada o mais rapidamente possível. A aprovação do requerimento na Câmara já deve servir de alerta para que a Fenaban venha a mudar de postura e perceba a necessidade de dialogar para a busca de uma solução”, complementa o parlamentar.

Pelo requerimento aprovado, a audiência pública contará com a participação de Carlos Alberto Cordeiro da Silva, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf); de Lourenço Ferreira do Prado, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Crédito (Contec) e dos representantes da Fenaban.


Fonte: Vermelho

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster