Crédito: Seeb Campos
Seeb Campos

Expressiva votação é fruto da confiança da categoria

A Chapa 1 (única) foi eleita na quarta-feira (16) por 99,5% dos votos na eleição para o Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Campos dos Goytacazes e Região, no interior do Rio de Janeiro, para o mandato de 2013 a 2017. A diretoria eleita terá como presidente Hugo André Lopes Diniz e como vice Eder Reis.

Dos 620 aptos a participarem do pleito, foram contabilizados 596 votos, sendo 593 na Chapa 1, três em branco e nenhum nulo.

Onze urnas itinerantes percorreram as oito cidades que compõe a base territorial do Sindicato (Campos dos Goytacazes, São João da Barra, São Francisco do Itabapoana, Cardoso Moreira, Italva, São Fidélis, Itaocara e Aperibé) e uma fixada na sede social da entidade.

A expressiva aprovação é fruto da confiança dos bancários, bancárias, aposentados e aposentadas, construída pela credibilidade a atuação dos que formam a chapa nas lutas em prol dos trabalhadores e trabalhadoras, não só da categoria bancária, como das demais.

A mesa de apuração foi presidida por Carlos Fernando Monteiro da Silva, presidente da OAB de Campos – 12ª Subseção, auxiliado por Romualdo (advogado do Sindicato e representante da OAB do Rio), Hélio Anomal e Mônica Neves Barreto (Sindicato dos Trabalhadores em Saneamento do Norte e Noroeste Fluminense), Fabiano de Paula Junior (presidente da Federação dos Bancários RJ/ES), Nilton Danião (vice-presidente da Federação dos Bancários RJ/ES), Iracini Soares da Veiga (CUT-RJ), Paulo Robson dos Santos Manhães (Contraf-CUT), Almir Aguiar (presidente do Sindicato dos Bancários do Rio).

Várias entidades sindicais participaram da coleta de votos cedendo diretores para atuarem como presidentes e mesários das urnas, garantindo a lisura do processo eleitoral.

“Vamos dar continuidade ao trabalho realizado pelo atual presidente, Rafanele Alves, e, acima de tudo, temos como principais desafios à manutenção da união entre bancos públicos e privados e despertar a consciência dos novos bancários e bancárias para a importância de um sindicato fortalecido que os represente”, projeta o presidente eleito.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Campos

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster