Crédito: Jornal de Colombo
Jornal de Colombo
Mais uma vítima de um crime que começa com a insegurança dentro dos bancos

Um homem foi morto a tiros depois de sacar dinheiro no banco, porque se negou a dar a pochete para assaltantes. O crime aconteceu na Rua José de Alencar, em Colombo, no interior do Paraná, por volta das 12h30 de terça-feira, dia 16. Ninguém sabe a quantia sacada por José Roaldo Erthal, 51 anos.

Assim que ele deixou a agência do Itaú, na Rua Abel Scuissiato, desceu a pé a Rua José de Alencar a caminho de casa, no Jardim Guaraituba, e foi seguido por dois homens em um Passat de cor preta.

Abordagem

Os suspeitos abordaram a vítima em frente a dois centros de educação infantil. Os funcionários, que trabalham de portões trancados, para segurança das crianças, ouviram os tiros e o barulho do carro, que subiu a Rua Monteiro Lobato. Quando abriram os portões, José já estava inconsciente.

O Siate foi chamado, mas a vítima morreu no local, atingida na barriga. Testemunhas informaram à Polícia Militar que José se negou a entregar a pochete e, por isso, foi baleado.

Um amigo de José declarou que ele trabalhava como pedreiro e tinha pouco dinheiro guardado no banco, mas existe uma empresa de comércio de animais vivos registrada no nome da vítima.

Fonte: Paraná Online – Curitiba/PR com Jornal de Colombo

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster