O Congresso Nacional dos Empregados do Sistema BNDES será realizado nesta sexta e sábado, dias 21 e 22, no Clube de Engenharia (Avenida Rio Branco, 124 – 22º andar), no Rio de Janeiro. O evento é promovido pela Contraf-CUT, sindicatos e associações dos funcionários do BNDES.

O objetivo é elaborar as pautas de reivindicações específicas para a entrega ao banco, a fim de negociar o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), o Acordo da Jornada de Trabalho e o Acordo da Participação nos Resultados.

Na manhã desta sexta haverá credenciamento, discussão e aprovação do regimento interno. A mesa de abertura ocorre às 14 horas, com a presença do presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro. Em seguida, haverá duas palestras: “Cenários de fechamento e saldamento de planos de pensão”, com a presidente da Associação Nacional dos Participantes dos Fundos de Pensão (Anapar), Cláudia Ricaldoni, e “Conjuntura Econômica”, com técnicos do Dieese.

À tarde, os delegados ainda serão divididos em três grupos temáticos (pleitos econômicos; direitos trabalhistas e garantias do empregado; e saúde e previdência).

Na manhã de sábado será retomado o trabalho dos grupos e acontecerá a plenária final para a definição das pautas de reivindicações. O término do congresso está previsto para as 13h30.

“Trata-se de um momento importante para a organização e a mobilização dos empregados do BNDES, um dos maiores bancos de investimentos do mundo e que precisa valorizar os seus funcionários, respeitando os direitos e avançando nas conquistas econômicas e sociais”, aponta o secretário de organização do ramo financeiro da Contraf-CUT, Miguel Pereira.

Fonte: Contraf-CUT com AFBNDES

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster