Crédito: Seeb Curitiba
Seeb CuritibaAtualizada às 11h50 de 22/10

A Contraf-CUT disponibiliza a íntegra da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) de 2013/2014, que pelo décimo ano consecutivo garante aumento real de salário aos bancários, além de valorizar os pisos, melhorar a PLR e trazer outros avanços econômicos e sociais. São conquistas da maior greve da categoria em mais de 20 anos em termos de participação dos trabalhadores, que durou 23 dias e chegou a paralisar 12.140 agências em todo país.

O acordo foi assinado na última sexta-feira (18), em São Paulo, entre a Contraf-CUT, federações e sindicatos com a Fenaban, com vigência retroativa a 1º de setembro deste ano e validade de um ano para funcionários de bancos públicos e privados de todo o país.

Clique aqui para acessar a convenção coletiva.

Clique aqui para acessar a convenção coletiva sobre PLR.

Na oportunidade, as entidades sindicais assinaram também os acordos aditivos específicos com o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal e termo com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB).

Veja aqui o acordo aditivo acordo sobre a PLR com o Banco do Brasil.

Clique aqui para acessar o acordo aditivo com a Caixa.

Clique aqui para acessar o acordo aditivo sobre PLR com a Caixa.

“Essa foi a campanha da ousadia, da mobilização e da unidade da categoria bancária, que mais uma vez conquista aumento real de salário e valorização do piso, contribuindo de forma decisiva para distribuir a renda no Brasil, que tem a sexta maior economia mas ainda é um dos 12 países mais desiguais do planeta”, disse o presidente da Contraf-CUT, Carlos Cordeiro, na cerimônia de assinatura, realizada no Hotel Intercontinental.

Os documentos assinados também podem ser acessados na seção Convenções e Acordos no site da Contraf-CUT. 

O acordo aditivo firmados com o BNB será disponibilizado nos próximos dias.


Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster