A Contraf-CUT, federações e sindicatos retomam com o Santander na próxima segunda-feira (22), às 14h, em São Paulo, o Comitê de Relações Trabalhistas (CRT) para discutir a pauta específica de reivindicações dos funcionários.

A minuta, aprovada no Encontro Nacional dos Dirigentes Sindicais e entregue ao banco no dia 26 de junho, não chegou a debatida na última reunião do CRT, ocorrida no último dia 4.

O novo superintendente de relações sindicais do Santander, Luiz Cláudio Xavier, que assumiu o cargo no início de maio, alegou que ainda não tinha conseguido examinar todas as demandas, propondo uma nova reunião do CRT, agendada na ocasião para segunda-feira.

A pauta contém propostas de emprego, condições de trabalho, remuneração, saúde suplementar e previdência complementar, além das pendências de reuniões anteriores do CRT.

Expectativas

“Queremos, sobretudo, o fim das demissões, da rotatividade, do corte de empregos e da terceirização, bem como mais contratações para acabar com a sobrecarga de serviços e o adoecimento de muitos funcionários”, destaca Ademir Wiederkehr, funcionário do banco e secretário de imprensa da Contraf-CUT.

“Está insustentável a situação nas agências, com falta de funcionários, metas abusivas e até bancários trabalhando mesmo com atestado médico, o que comprova o modelo de gestão pelo medo”, aponta Maria Rosani, coordenadora da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander.

“Esperamos que o novo negociador do Santander traga respostas concretas e que atendam as reivindicações dos trabalhadores, principais responsáveis por 26% do lucro mundial do banco espanhol, o melhor resultado em todos os países onde atua”, ressalta Ademir.

“Também aguardamos a retirada das ações judiciais movidas pelo banco contra a Contraf-CUT, sindicatos, federações e Afubesp para tentar calar a voz dos trabalhadores”, reitera o dirigente sindical. “Trata-se de uma prática antissindical e uma agressão inaceitável ao direito de liberdade de expressão do movimento sindical”, salienta o dirigente sindical.

Reunião da COE do Santander

A Contraf-CUT realiza uma reunião da COE do Santander na segunda-feira, às 10h, na sede da Confederação, no centro de São Paulo, para preparar os debates com o banco.

Fonte: Contraf-CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster