Rede de Comunicação dos Bancários
Maria Ester da Costa

A Contraf-CUT fez na manhã deste domingo (27), na 16ª Conferência Nacional dos Bancários, o pré-lançamento da segunda edição da cartilha Assédio Sexual no Trabalho, parte da campanha de prevenção e combate ao assédio sexual nos bancos.

A cartilha mostra de forma didática o que é e como se dá o assédio sexual no trabalho, as consequências para as mulheres, que muitas vezes perdem o emprego por dizer não ao assediador, questões legais envolvidas e os impactos no ambiente de trabalho e sobre saúde mental da mulher assediada.

“O tema tem forte apelo na sociedade, a opressão à mulher é parte do cotidiano das trabalhadoras. Passa pela violência doméstica, pelo assédio sexual no transporte público e os ambientes de trabalho também não saem ilesos disso. As bancárias, além de muitas vezes terem sua imagem usada para a venda de produtos, também estão expostas ao assédio sexual por parte de superiores hierárquicos”, afirma Deise Recoaro, secretária de Mulheres da Contraf-CUT e coordenadora do Coletivo Nacional de Mulheres.

Foram impressos 90 mil exemplares, que serão distribuídos conforme a demanda dos sindicatos. A Contraf-CUT orienta as entidade sindicais a realizarem eventos de lançamento da cartilha com a participação de entidades da sociedade civil e ampla divulgação do tema.

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster