A Contraf/CUT participará de quatro oficinas da 8ª edição do Fórum Social Mundial, que será realizada em Belém entre os dias 27 de janeiro e 1º de fevereiro. Será a primeira grande reunião global após o início da crise financeira deflagrada a partir dos Estados Unidos, que coloca em xeque o modelo neoliberal de produção e consumo hegemônico durante quase três décadas, cujo combate deu origem ao próprio Fórum Social Mundial.

Organizado pela primeira vez em 2002 em Porto Alegre, com o slogan Outro Mundo é Possível, o FSM reúne milhares de pessoas, entidades e movimentos sociais progressistas de todo o mundo, com o objetivo de discutir propostas alternativas ao modelo capitalista excludente e concentrador de riqueza.

A Contraf/CUT, que participa do Fórum desde a sua origem, está organizando as oficinas que debaterão em Belém o Sistema Financeiro Nacional e as pessoas; O papel do crédito na sustentabilidade da Amazônia; A saúde do trabalhador e A organização dos trabalhadores em redes sindicais.

Fonte: Contraf/CUT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster