Mais dois gerentes do Banco do Brasil foram sequestrados e seus familiares viraram reféns no interior da Bahia. Na noite de segunda-feira (28), o subgerente do BB de Ubatã, no sul do Estado, foi sequestrado ao sair da agência onde trabalhava. De acordo com testemunhas, ele foi abordado por volta das 20h por um grupo de bandidos que estava dentro de um carro preto.

A mulher e os dois filhos do subgerente foram sequestrados em seguida e levados, junto com o funcionário do banco, para fora da cidade.

Ainda de acordo com a polícia, a intenção dos bandidos era de raptar o gerente do banco, ao invés do subgerente, com o objetivo que ele abrisse o cofre da agência bancária.

Ao perceber que estavam com o funcionário "errado", os assaltantes retornaram ao município de Ubatã com a intenção de sequestrar o gerente, mas desistiram ao perceberem o grande número de policiais na cidade.

O bancário foi libertado primeiro, por volta da meia-noite de terça-feira (29). Já a esposa e os filhos do subgerente foram liberados durante a madrugada, no município de Maraú.

Já em Maracás, no centro-sul da Bahia, a gerente do BB também foi sequestrada por quatro homens na segunda-feira. De acordo com o Blog do Anderson, a bancária foi libertada pelos sequestradores na terça-feira na saída da cidade.

A mãe da gerente, que também foi levada pelos bandidos com o filho, foi liberada no distrito de Jaguaquara. As duas foram libertadas após o pagamento do resgate.

De acordo com testemunhas, a quadrilha teria utilizado um veículo da marca Chery, modelo Tiggo, da cor preta. Eles estão sendo procurados pela polícia local.

Fonte: Contraf-CUT com Camaçari Fatos e Fotos

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster