Um gerente da agência do Banco do Brasil foi sequestrado na cidade de Buriticupu, no interior do Maranhão. De acordo com informações policiais, seis homens encapuzados teriam, por volta das 21h de terça-feira (1º), abordado o bancário, no momento em que ele retornava para a sua residência localizada no centro da cidade. 

Na casa estava a esposa, a filha e a sobrinha do gerente. Eles foram feitos de reféns no local até as 10h de quarta-feira (2), horário de abertura do banco. 

A polícia deu início às investigações para identificar a quadrilha responsável pelo sequestro e já descobriu que três integrantes se dirigiram com o gerente, no próprio carro da vítima até o banco. O restante do bando levou os familiares até a saída de Buriticupu. O carro do gerente foi deixado na cidade de Santa Inês.

O bancário desceu sozinho do veículo e retirou o dinheiro do cofre da agência. O trio junto com a vítima seguiu até a cidade de Santa Luzia, onde o gerente foi liberado. Ainda de acordo com informações policiais, assim que o gerente entregou o dinheiro, a família também foi liberada.

Após serem liberados, a família acionou a polícia que deu início imediatamente as diligências, a fim de capturar os suspeitos. É o terceiro caso este ano desse crime conhecido como “sapatinho”. 


Fonte: Contraf-CUT com G1

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster