Crédito: Seeb Porto Alegre
Seeb Porto Alegre
Mobilização em frente ao edifício-sede do banco, em Porto Alegre

A pressão da greve rompeu o silêncio e construiu a retomada da negociação específica com o Banrisul para sexta-feira (11), às 11h, na sede do Sindicato dos Bancos do Rio Grande do Sul, no centro de Porto Alegre. A paralisação atingiu nesta quarta-feira (9) 313 agências na capital e no interior gaúcho.

Até agora houve duas negociações com o Banrisul. Na primeira, a direção do banco veio com uma proposta de banco de horas. Na segunda, apresentou uma minuta.

O Comando dos Banrisulenses deixou claro que quer debater a pauta de reivindicações dos trabalhadores e que flexibilização da jornada de trabalho não é tema para a greve. As demandas dos funcionários foram construídas de forma democrática em assembleias e no Encontro Nacional.

Segundo a diretora da Fetrafi-RS, Denise Corrêa, a expectativa do Comando é por uma negociação séria e coerente, que atenda às reivindicações da pauta específica.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb Porto Alegre

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster