Crédito: Seeb São Paulo
Seeb São PauloMobilizados, bancários cobram negociação com bancos

Os complexos Verbo Divino, São João, 15 de Novembro, o prédio Gepes (Gestão de Pessoas) e dois contingenciamentos do Banco do Brasil – um no Centro e outro em Santana – estão com as atividades paralisadas em São Paulo nesta quinta 3, 15º dia de greve nacional dos bancários. 

O Comando Nacional ainda não recebeu resposta à carta enviada à federação dos bancos (Fenaban), na qual demonstra que a categoria se mantém disposta a negociar. Desde a proposta de 6,1%, sem aumento real, rejeitada pelos trabalhadores e que deram início à greve no dia 19 de setembro, as instituições financeiras não mais se pronunciaram. O Comando volta a se reunir nesta quinta para avaliar a greve e os próximos passos da Campanha 2013. 

Além da paralisação em algumas das principais concentrações do Banco do Brasil, também estão mobilizados os empregados lotados na Universidade Caixa, na Avenida Paulista, e no edifício Patriarca do Itaú, no centro de São Paulo. 

A adesão é crescente em diversas unidades, com a paralisação de agências dos centros velho e novo, bairros de Cidade Dutra e Grajaú, na zona sul; Imirim, vilas Medeiros, Sabrina e Nova Cachoeirinha, na zona norte; corredores das avenidas Paulista, Angélica e Brigadeiro Luiz Antonio; Brás, Penha e Mooca, na zona leste; corredores das avenidas Vital Brasil, Francisco Morato e da Cidade Universitária, na zona oeste. Além de Osasco e municípios adjacentes, como Jandira, Itapevi, Embu das Artes, Embu Guaçu, Barueri, Aldeia da Serra e Itapecerica da Serra. 

Protesto

Em assembleia na terça 1º de outubro foi aprovada a participação dos bancários, ao lado de petroleiros – que também estão em campanha salarial -, no ato que ocorre nesta quinta, a partir das 17h (Avenida Paulista, 901), em protesto contra o leilão do petróleo. 

Comando e assembleia

Por conta do ato na Paulista, não haverá encontro do Comando de Greve. O grupo volta a se reunir nessa sexta-feira 4, às 17h, no Auditório Azul do Sindicato (Rua São Bento, 413, Centro). 

Na próxima segunda-feira 7, a reunião do Comando de Greve acontece às 16h, na Quadra (Rua Tabatinguera, 192, Sé), pouco antes da assembleia para avaliação do movimento, que será a partir das 17h. 


Fonte: Contraf-CUT com Seeb São Paulo

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster