Crédito: Seeb MT
Seeb MT
Trabalhadores mobilizados para o segundo dia em todo Estado

O primeiro dia de greve nacional dos bancários, nesta quinta-feira (19), começou forte na grande Cuiabá. As agências amanheceram adesivadas com cartazes de greve e com trabalhadores nas portas dos bancos dialogando com a população sobre as reivindicações da categoria que luta por melhorias para toda sociedade.

Somente na Grande Cuiabá foram 140 agências e departamentos que tiveram suas atividades paralisadas, no total das 141. Estes dados correspondem a 99% de adesão em Cuiabá e Várzea Grande.

Na avaliação do presidente do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso, José Guerra, a tendência é que a greve se intensifique cada vez mais com o aumento de adesão nos municípios do interior.

“Nossa luta é por valorização tanto dos bancários quanto da população que sofre com a escassez de trabalhadores e pela demora no atendimento. Os bancos se negam em investir em segurança, em mais contratações, em melhorias nas condições de trabalho. Nossa luta é por reajuste salarial de 11,9%, sendo 5% de ganho real, e os bancos nos apresentaram a indecente proposta de 6,1% e nenhum avanço nas reivindicações da categoria”, afirma José Guerra.

PL da Terceirização

A Campanha Nacional dos Bancários 2013 também defende o arquivamento do Projeto de Lei 4330 da Terceirização que está em fase de tramitação no Congresso Nacional. Caso este PL seja aprovado, a mão de obra será ainda mais precarizada, os direitos dos trabalhadores perdidos e o sigilo bancários dos clientes ficará em risco.

Fonte: Contraf-CUT com Seeb MT

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster