henriquemeirelles.jpg
henriquemeirelles.jpgEdição traz ainda entrevista sobre as pesquisas das células-tronco no país, com Mayana Zatz – Já está chegando na casa dos trabalhadores sindicalizados e nas bancas de todo o país a nova edição da Revista do Brasil. A matéria de capa deste mês traz uma análise da crise sob o ponto de vista do trabalhador. A reportagem questiona a perigosa imobilidade do Banco Central quando o assunto é baixar juros e a responsabilidade social de fachada de empresas que demitem ao primeiro sinal de crise, apesar dos ganhos acima da média registrados nos dois últimos anos.

O complexo conflito no Oriente Médio aparece em análise original de Bernardo Kucinski, que escreve com propriedade: viveu em Israel e tem lá família e amigos. A entrevista da edição é com a renomada pesquisadora do DNA humano Mayana Zatz, que fala sobre as pesquisas com células-tronco no Brasil e as perspectivas futuras de novos tratamentos, hoje impensáveis.

A 32ª edição da RdB traz também o perfil de Tinhorão, o polêmico crítico musical que, aos 80 anos e com 22 livros publicados, continua desbancando a bossa nova e tornou-se um respeitado historiador da cultura popular urbana.

E ainda: brasileiros no exterior, o universo das imortais marchinhas carnavalescas, novidades na luta contra a dor e o enduro a pé, modalidade de caminhada na natureza que prima pelo trabalho em equipe e pela regularidade. Tudo isso e muito mais na edição de fevereiro da Revista do Brasil, que é uma iniciativa de alguns dos maiores e mais importantes sindicatos brasileiros. Se você é bancário sindicalizado e não recebe a revista pelo correio, entre em contato com o Sindicato e solicite seu exemplar: 3188-5200.

Fonte: SEEB – SP / Danilo Pretti Di Giorgi

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster