O Programa de Participação nos Resultados (PPR) dos funcionários da BV Financeira foi aprovado por unanimidade em assembleia realizada na terça-feira (8).

Os pagamentos dos valores da PR são adicionais e não compensam a regra da Participação dos Lucros e Resultados (PLR) da Convenção Coletiva de Trabalho. O programa é anual, mas a financeira fará uma antecipação na mesma data da PLR da CCT, oportunidade em que garantirá no mínimo 40% do piso do programa.

Esse adiantamento foi uma reivindicação dos funcionários, já que desde que o programa se tornou anual, não havia mais dois pagamentos. Nesse ano, foi possível conquistar a antecipação. Os valores finais serão creditados com a parcela final da regra da PLR da CCT (em até 60 dias após o término do ano vigente).

Com o objetivo de reduzir todos os tetos dos acordos de PPR, a financeira, em 2014, se comprometeu a baixar o valor para a renovação: em 2015, o teto, que era de 40 salários, passou a 35. O piso manteve-se em R$ 2,2 mil.

Os dispensados sem justa causa, por pedido de demissão, aposentadoria ou beneficiários por falecimento, terão direito ao valor proporcional. Os afastados por acidente do trabalho, doença, licença-maternidade ou adoção, receberão o pagamento integral, sem deduzir os períodos de afastamentos para o cálculo do valor. A estrutura do acordo manteve-se, com os mesmos critérios para avaliação e apuração.

A BV também possui acordo de Programa de Prevenção de Conflitos que será renovado em outra ocasião, com data ainda a ser marcada.

Fonte: Seeb SP

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster