O Sindicato dos bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) será recebido em audiência nesta quinta-feira, dia 2, às 14h30, pela Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (SMIC). O objetivo dos bancários é discutir a fiscalização de três leis que tratam da melhoria do atendimento e da segurança nos bancos, com a das filas. A reunião fora solicitada no dia 10 de março.

A intenção do Sindicato de Porto Alegre é cobrar do secretário Idenir Cechim a retomada do trabalho dos fiscais da SMIC no controle do tempo de espera nas filas. A Lei n° 9.992, de 6 de junho de 2006, prevê o atendimento nos caixas em até 15 minutos em dias normais, e em até 20 minutos, em véspera ou após feriados prolongados e em dias de pagamentos de funcionários públicos municipais, estaduais e federais. Essa legislação visa agilizar o atendimento ao público e, para tanto, tem que contratar mais caixas, gerando empregos e renda.

Os bancários também exigem o cumprimento da Lei n° 9.133, de 3 de junho de 2003, que determina a afixação por parte dos bancos, em local visível, de cartazes com o tempo máximo de espera nas filas previsto na lei. O Sindicato tem observado que raríssimas agências e postos afixaram tais cartazes. Um enorme descaso dos banqueiros!

Além disso, o SindBancários busca o cumprimento da Lei n° 8.115, de 5 de janeiro de 1998, que dispõe sobre a instalação de sistema de monitoração e gravação eletrônica de imagens, através de circuito fechado de televisão. Várias agências e, sobretudo, postos não cumprem essa lei, que inibe a ação das quadrilhas e melhora a segurança nas unidades.

Fonte: Seeb Porto Alegre e região

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster