lula_e_obama1.jpg

lula_e_obama1.jpgO presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, revelou ao mundo ter um brother (irmão) no G-20: Luiz Inácio Lula da Silva. A confidência veio à público na tarde de ontem, quando uma conversa informal entre os líderes reunidos na Cúpula de Londres foi captada pela rede de TV britânica BBC: "Eu adoro esse cara!", disse o americano a colegas, após um íntimo aperto de mão com o brasileiro.

Obama, ao lado do secretário do Tesouro, Timothy Geithner, e do primeiro-ministro da Austrália, Kevin Rudd, inclinou o corpo e fez amplo, jovial e informal gesto para apertar a mão de Lula. Voltando-se aos colegas, disse: "Esse é o cara! Eu adoro esse cara! É o mais popular político do mundo!"

Sem a mesma desinibição, Rudd entrou na brincadeira: "É o mais popular político veterano do mundo". Obama, então, completou: "É porque ele é boa pinta".

Durante o diálogo, Lula – que ouviu a tradução pelo intérprete da presidência, Sérgio Ferreira – sorriu. Veiculado nos canais britânicos e internacionais de TV, o diálogo confirmou os rumores que circulavam em Londres: entre os líderes do G-20, Lula foi uma celebridade pop.

Os sinais de seu carisma internacional se multiplicaram ao longo da semana. Antes de chegar a Londres, ele foi recebido pelo presidente da França, Nicolas Sarkozy, no Palácio do Eliseu. Juntos, almoçaram e fizeram uma declaração à imprensa em Paris repleta de afagos mútuos. Depois, Lula seguiu para a capital britânica. Sua opção de percorrer os 455 quilômetros que separam Paris de Londres em trem-bala, e não no avião presidencial, provocou elogios do The Guardian, impressionado pela consciência ambiental da delegação brasileira. A reportagem ignorou que o aerolula voou só com a tripulação para pegar a delegação hoje. A badalação em torno de Lula continuou na Inglaterra. Na foto oficial, no Palácio de Buckingham, ele se sentou à esquerda da rainha Elizabeth II. A distinção lhe foi oferecida por ser o mais antigo líder entre os membros do G-20.

A série de afagos não deslumbrou Lula, ao menos publicamente. Questionado por jornalistas sobre a intimidade com Obama, minimizou: "A frase do Obama deve ter sido um gesto de gentileza, uma brincadeira. Tenho consciência do meu tamanho, da minha importância e tenho consciência de cada companheiro também." Lula retribuiu as carícias. "O Obama, eu disse a ele, é o primeiro presidente dos EUA que têm a cara da gente. Se você encontra ele, vai pensar que é baiano. Se o encontrar no Rio, vai pensar que é carioca. É o primeiro que é parecido com todo mundo".

FRASES

Barack Obama
Presidente dos EUA

"Esse é o cara! Eu adoro este cara! É o mais popular político do mundo!"

Kevin Rudd
Premiê australiano

"É o mais popular político veterano do mundo!"

Fonte: O Estado de São Paulo / Andrei Netto, de Londres

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster