Crédito: Leonardo Cardoso – Farol da Cidade:
Leonardo Cardoso - Farol da Cidade: A violência e o pouco caso com a segurança da população e do trabalhador fizeram mais uma vítima na quinta-feira, dia 10, no interior da Bahia. O vigilante Hermínio Duca Costa, 33 anos, foi executado a sangue frio, durante assalto à agência do Banco do Brasil do município de Lagoa Real, a 731 km de Salvador, onde trabalhava.

Costa, que é primo do prefeito do município, José Carlos Trindade Duca (DEM), havia acabado de chegar ao prédio, após cumprimentar amigos e parentes na Lotérica Real, vizinha ao banco e próxima à sede da Prefeitura Municipal.

Os cinco assaltantes, que fugiram em motocicletas, conduzindo os malotes, chegaram ao prédio por volta das 10 horas de quinta-feira, armados com revólveres, calibre 38. Sem dar chance de defesa ao vigilante, que teria feito um movimento brusco, porém involuntário – segundo testemunhas -, os bandidos dispararam em sua direção, atingindo-o na cabeça e em outras três partes do corpo.

Enquanto a vítima agonizava à espera de socorro, os bandidos renderam clientes e funcionários, exigindo todo o dinheiro do caixa. "Foi uma cena horrível, que dificilmente vai sair da cabeça de quem, como eu, testemunhou", relatou um dos funcionários.

Em menos de 20 minutos, o assalto foi consumado e os criminosos fugiram, abrindo chances para que o vigilante fosse socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Guanambi, a 100 km de Lagoa Real.

"Ele perdeu muito sangue, mas estava consciente", continuou a fonte, que não se lembra do rosto dos bandidos. "Ninguém conseguiu encarar, até porque estavam nervosos, gritando muito, pedindo agilidade na entrega do dinheiro", finalizou.

Costa deu entrada no pronto-socorro em estado grave e não resistiu ao ferimento. O corpo foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal de Guanambi.

De acordo com informações do site Brumado Notícias, a polícia já prendeu dois dos três criminosos que participaram do assalto. A prisão ocorreu pela noite, por policiais da 22ª Coordenadoria Regional de Policia do Interior (22ª Coorpin), em um matagal na divisa entre Lagoa Real e Brumado. Houve troca de tiros, e um dos criminosos foi baleado. O nome dos detidos ainda não foi divulgado.

Este foi o quinto roubo a banco na região Sudoeste em menos de 30 dias. Antes, bandidos roubaram dinheiro em agências de Aracatu, Boa Nova, Condeúba e Macarani.

De acordo com o Sindicato dos Bancários, somente este ano 21 agências bancárias já foram assaltadas no interior do Estado da Bahia. Já na capital, quatro ocorrências foram registradas.

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Vigilantes (CNTV)lamenta mais esse episódio lamentável e, juntamente com o sindicato dos vigilantes da Bahia, se solidariza com a família do companheiro que, como muitos outros vigilantes, perdeu a vida no exercício de sua função. Continuamos na luta para que fatos como esse deixem de fazer parte de nossa rotina profissional e continuamos acreditando na Justiça.

Fonte: Site Brumado Notícias, SindVigilantes e CNTV

Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster