Mais direitos, mais garantias. O Sindicato dos Bancários de São Paulo conseguiu que 400 trabalhadores da área de sistema da Orbital passassem para a categoria bancária a partir de agosto com todas as conquistas previstas na Convenção Coletiva, como jornada, PLR, pisos, vales-refeição e alimentação.

"Agora estamos discutindo a inclusão de mais 800 trabalhadores da empresa que prestam serviço a bancos e que, portanto, devem ser bancários", afirma o presidente do Sindicato, Luiz Cláudio Marcolino.

Negociação

Além dessa pauta, outros pontos de fundamental importância para os bancários devem ser discutidos nos próximos dias, como a adequação de função e unificação dos planos de assistência médica.

"Há também a questão do pagamento do Plano Complementar de Remuneração (PCR) para todos, o problema dos fretados, e a ampliação do incentivo à aposentadoria (cujo prazo de adesão se encerra na sexta-feira 31) para os funcionários das agências", diz Marcolino.

Outros pontos que devem fazer parte da negociação são IAPP (Instituto de Assistência Pedro Di Perna), crédito imobiliário e o centro de realocação.

Fonte: Seeb São Paulo
Walmar Pessoa
Author: Walmar Pessoa

WebMaster